Exclusão de mercadorias do Regime de Substituição Tributária

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

O Governo do Estado de SC publicou o Decreto nº 1.541/2018, D.O.E. de 21/03/2018, cujo artigo 3º revoga dispositivos do Anexo 1-A, bem como do Anexo 3, a partir de 01/04/2018 conforme abaixo:

– no Anexo 1-A:

a) a Seção XII – Materiais de limpeza;
b) a Seção XV – Papéis, plásticos, produtos cerâmicos e vidros;
c) a Seção XVII – Produtos alimentícios;

– no Anexo 3:

a) a Seção XXX – Das Operações com Produtos Alimentícios;
b) a Seção XXXI – Das Operações com Artefatos de Uso Doméstico; e
c) a Seção XXXVII – Das Operações com Material de Limpeza.

Diante do exposto acima, se faz necessário aplicar a norma do artigo 24, incisos, I e II, “b”, conforme:

“Art. 24. Quando da inclusão ou exclusão de mercadorias no regime de substituição tributária, os contribuintes substituídos deverão:
I – efetuar levantamento de estoque das referidas mercadorias, na data da sua inclusão ou exclusão, e escriturar, para os contribuintes optantes pelo Simples Nacional, no livro Registro de Inventário, e para os contribuintes sujeitos ao regime de apuração normal, na Escrituração Fiscal Digital – EFD;
II – calcular o imposto incidente sobre as mercadorias em estoque, mediante aplicação da alíquota interna correspondente sobre o custo de aquisição, acrescido da margem de lucro especificada para cada mercadoria sujeita ao regime de substituição tributária, conforme percentuais definidos no Anexo 1-A deste Regulamento e no Capítulo VI, lançando o valor apurado, no livro Registro de Apuração do ICMS:
……………….
b) a crédito, quando se tratar de exclusão.”

Segue o Decreto:

DECRETO Nº 1.541, DE 20 DE MARÇO DE 2018

DOE de 21.03.18

Introduz a Alteração 3.901 no RICMS/SC-01 e estabelece outras providências.

O VICE-GOVERNADOR, NO EXERCÍCIO DO CARGO DE GOVERNADOR DO ESTADO DE SANTA CATARINA, no uso das atribuições privativas que lhe conferem os incisos I e III do art. 71 da Constituição do Estado, conforme o disposto no art. 98 da Lei nº 10.297, de 26 de dezembro de 1996, e o que consta nos autos do processo nº SEF 3073/2018,

DECRETA:

Art. 1º Fica introduzida no RICMS/SC-01 a seguinte alteração:

ALTERAÇÃO 3.901 – O art. 90 do Anexo 2 passa a vigorar com a seguinte redação:

“Art. 90. …………………………………………………………………………..

………………………………………………………………………………………

§ 1º ………………………………………………………………………………..

………………………………………………………………………………………

IV – ………………………………………………………………………………..

………………………………………………………………………………………

l) isqueiros;

m) pilhas e baterias elétricas;

n) produtos alimentícios;

o) materiais de limpeza;

p) artefatos de uso doméstico.

………………………………………………………………………………” (NR)

Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, produzindo efeitos a contar de 1º de abril de 2018.

Art. 3º Ficam revogados os seguintes dispositivos do RICMS/SC-01:

I – do Anexo 1-A:

a) a Seção XII – Materiais de limpeza;

b) a Seção XV – Papéis, plásticos, produtos cerâmicos e vidros;

c) a Seção XVII – Produtos alimentícios; e

d) os itens cujo CEST pertencem aos segmentos 11 e 17 constantes na Seção XXVII – Bens e mercadorias não sujeitos aos regimes de substituição tributária ou de antecipação do recolhimento do ICMS com encerramento de tributação, se fabricados em escala industrial não relevante; e

II – do Anexo 3:

a) a Seção XXX – Das Operações com Produtos Alimentícios;

b) a Seção XXXI – Das Operações com Artefatos de Uso Doméstico; e

c) a Seção XXXVII – Das Operações com Material de Limpeza.

Florianópolis, 20 de março de 2018.

EDUARDO PINHO MOREIRA

Vice-Governador,

no exercício do cargo de Governador do Estado

LUCIANO VELOSO LIMA

Secretário de Estado da Casa Civil

PAULO ELI

Secretário de Estado da Fazenda

Compartilhar.

CONFIRA TODAS AS NOTÍCIAS DA ACATS
close-link

Receba o Informe Acats

Acompanhe as novidades da Acats semanalmente em seu e-mail. Preencha as informações abaixo.
Quero Receber o Informe Acats
Você poderá cancelar a sua assinatura a qualquer momento, diretamente no informe.